ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE COLCHÕES – ABICOL

CNPJ N° 14.897.871/0001-64

 

MEMÓRIA DE REUNIÃO

 

28 de agosto de 2018 – das 10h às 13h30

Local: Hotel Boulevard Inn São Paulo, Av. São Luís, 234 – Centro, São Paulo – SP

 

1       Participantes:

Lista de Presença

 

  1. Link para acessar conteúdos apresentados:

Material apresentado na reunião CLIQUE AQUI

Fotos CLIQUE AQUI

 

3       ABERTURA

Às 10h02 a reunião foi iniciada com a fala do presidente da Abicol, Alexandre Prates Pereira. O presidente agradeceu a presença de todos, recapitulou a pauta e convidou Marcelo Meira da Fundação Espaço ECO para apresentar o estudo comparativo do desempenho ambiental e econômico da destinação final de colchões.

 

4       comissão de Sustentabilidade: Palestra fundação espaço Eco

O representante da Fundação Espaço Eco na reunião, Marcelo Meira, apresentou as conclusões do estudo comparativo do desempenho ambiental e econômico da destinação final de colchões, especialmente, coprocessamento, reciclagem e aterro. Os dados utilizados foram disponibilizados pela associada CBP.

 

4.1 Deliberações:

Os associados apreciaram a apresentação sem ressalvas e concordaram que o estudo poderá ser apresentado aos órgãos públicos toda vez que solicitado, sem que, necessariamente, seja uma iniciativa da associação.

 

5       ELEIÇÃO DA DIRETORIA GESTÃO BIÊNIO 2019 -2020

Ao término da apresentação da Fundação Espaço Eco, a diretora executiva Adriana Pierini comunicou que apenas uma chapa se inscreveu para concorrer às eleições da nova Diretoria do ABICOL, para o biênio 2019-2020. Na sequência, por aclamação em face da existência de chapa única, foi eleita e empossada a seguinte composição de diretoria: CONSELHO DE ÉTICA E ADMINISTRAÇÃO: Presidente: Sr. Alexandre Prates Pereira, representando a Orthocrin Indústria e Comércio Ltda., 1° Vice-Presidente: Sr. Rogério Soares Coelho, representando a Orbhes Espumas e Colchões Ltda.; Vice-Presidente Região Centro-Oeste: Sr. Rodrigo Miguel de Melo, representando a Plumatex Colchões Industrial Ltda.; Vice-Presidente Região Norte: Sr. Júlio Dias Sobrinho, representando a Colchões Ortobom.; Vice-Presidente Região Nordeste: Sr. Felix Fernando Raposo, representando Socimol Indústria de Colchões e Móveis Ltda.; Vice-Presidente Região Sudeste: Sr. João Flávio Nogueira Andrade, representando Nogueira Andrade Indústria e Com. Ltda.; Vice-Presidente Região Sul: Sidney G. Silva, representando a Maxflex Colchões; Diretor Tesoureiro: João Stockmanns, representando a Madeireira Herval Ltda.; CONSELHO SUPERIOR: Presidente:  Sr. Luciano Raduan Dias, representando a Luckspuma Indústria e Comércio Ltda.; Vice-Presidente: Sr. Luís Fernando W. Ferraz, representando a empresa associada FA Maringá Ltda.; e CONSELHEIROS: Sr. Eduardo Passalacqua, representando a Passalacqua Colchões Ltda.; Sr. Felipe de Araújo Pinho Mendonça, representando a Reconflex Ind. e Com. De Colchões Ltda.; Sr. José Flávio dos Santos Neto, representando a Americanflex Indústrias Reunidas Ltda.; Sr. Tiago Temponi, representando a Polar Colchões.; Sr. Gilberto Antonio Manteiga, representando a MGA Industria Moveleira LTDA e Sr. Fernando Torres Ferreira, representando a Indústria de Espumas Guararapes Ltda.

 

5.1 Atualização das Comissões e dos Grupos de Trabalho:

Os associados aprovaram a atualização das comissões e dos grupos de trabalho, passando os mesmos a configurar da seguinte forma (cinco integrantes no máximo):

 

  1. COMISSÃO PERMANENTE PARA ASSUNTOS DE NORMAS E CERTIFICAÇÕES

Integrantes: João Flávio (Líder), Rogério (Orbhes), Luís Fernando (FA), Luciano (Pelmex) e Juliana (CBP)

  1. COMISSÃO PERMANENTE PARA ASSUNTOS DE LEGISLAÇAO TRIBUTÁRIA

Integrantes: Tiago (Polar), Danny (Copespuma), Luiz Custódio (Gazin) Hélio Antônio (Castor) e Rodrigo (Plumatex)

  1. COMISSÃO PERMANENTE DE COMBATE À FRAUDE

Integrantes: Rodrigo (Plumatex), João Stockmanns (Herval), Claudecir (Anjos), Cristian (Passalacqua) e Lars (Desleeclama)

  1. COMISSÃO PERMANENTE PARA ASSUNTOS DE COMUNICAÇÃO E MARKETING

Integrantes: Alexandre (Orthocrin), Sidney (Maxflex), João Flávio (Líder), Edson Ayub (Flex) e João (Leggett)

  1. COMISSÃO PERMANENTE PARA ASSUNTOS DE SUSTENTABILIDADE

Integrantes: Luís Fernando (FA), Jefferson (Ecoflex), Juliana (CBP), Dirceu (Flex) e Alexandre (Leggett)

  1. GRUPO DE TRABALHO ASSUNTOS DE SEGURANÇA PATRIMONIAL e DO TRABALHO

Integrantes: José Flávio (Americanflex), Juliano (Líder), Gilmar (Montreal) e Ricardo Garrido (Assure)

  1. GRUPO DE TRABALHO FLAMABILIDADE DE COLCHÕES

Integrantes: Juliana (CBP), Luís Fernando (FA), Rogério (Orbhes), Wilson (Flex) e Fernanda (Covestro)

  1. GRUPO DE TRABALHO SELO COLCHÃO 100% (novo)

Integrantes: Alexandre (Orthocrin), Tiago (Polar), Wilson (Flex), Gustavo (Leggett), Adriana (Hellen), Sereni (Alphamotion) e Adauto (Evonik))

 

6       COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO E MARKETING:

Na parte da Comissão de Comunicação e Marketing, Adriana apresentou os principais requisitos para a concessão do Selo Colchão 100%, sendo:

 

  1. O selo é para a empresa e não para o colchão. (aprovado)
  2. O selo é para empresas que produzem colchão de molas e de espumas, não sendo aplicável para empresas que produzem colchões magnéticos. (aprovado)
  3. O selo é para empresas que concedem garantia contratual de no máximo 1 (um) ano. As garantias superiores a doze meses devem estar vinculadas a contrato de seguro de garantia estendida. (aprovado com ressalva)
  4. A garantia contratual concedida na negociação com hotéis não é item de verificação. (aprovado)
  5. Os colchões que tiverem seus respectivos registros cancelados junto ao Inmetro, perdem o direito de uso do Selo Colchão 100%. (aprovado)
  6. A cada dois anos a Abicol promoverá a revisão dos critérios técnicos exigidos para a concessão do Selo Colchão 100%. (aprovado)
  7. O fabricante e importador do colchão contemplado com o Selo Colchão 100% devem obrigatoriamente afixar o Selo Colchão 100% em todas as unidades fabricadas e/ou importadas, sendo proibido seu uso em outros produtos não contemplados. (aprovado)
  8. Os lojistas podem requisitar o uso dos materiais “AQUI TEM COLCHÃO 100%” mediante a indicação de fabricante de “COLCHÃO 100%” e assinatura de termo de compromisso. (reprovado)
  9. O uso do Selo Colchão 100% poderá ser realizado em canais de mídias sociais, página virtual de fabricantes, publicidades em televisões, jornais e rádio, desde que limitados apenas ao fim de sua divulgação. (aprovado)
  10. Ter disponível para consulta virtual o Memorial Descritivo as características do colchão (composição e outros), de preferência no site institucional de seu fabricante. (aprovado)
  11. Não realizar qualquer tipo de publicidade que possa induzir o consumidor ao erro. (aprovado)
  12. Possuir um sistema de gestão de Boas Práticas: combate à sonegação, fraude e corrupção, práticas leais de concorrência, direitos da criança e do adolescente, direitos do trabalhador, promoção da diversidade e combate à discriminação, compromisso com o desenvolvimento profissional, promoção da saúde e segurança, promoção de padrões sustentáveis de desenvolvimento, produção, distribuição e consumo, contemplando fornecedores, prestadores de serviço, entre outros, proteção ao meio ambiente e aos direitos das gerações futuras e ações sociais de interesse público. (aprovado)

 

6.1 Deliberações:

Os associados ponderaram e decidiram criar um grupo de trabalho específico para as tratativas do Selo Colchão 100% (plataforma, materiais, regulamento e outros). Farão parte desta comissão os seguintes associados: Integrantes: Alexandre (Orthocrin), Tiago (Polar), Wilson (Flex), Gustavo (Leggett), Adriana (Hellen), Sereni (Alphamotion) e Adauto (Evonik).

 

7       COMISSÃO DE COMBATE À FRAUDE: OPERÇÃO SONO LEGAL

O coordenador da Comissão de Combate à Fraude, Rodrigo Melo, explicou a Operação Sono Legal apresentando o objetivo que é defender os consumidores brasileiros de propaganda enganosa e dar visibilidade aos encaminhamentos junto aos órgãos fiscalizadores por meio da articulação com Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor, Procons e Ipems a  ABCF e a Abicol encaminharão denúncias de crimes contra as relações de consumo (fatos concretos, provas e materialidade) para que possam com agilidade ainda maior aos órgãos de fiscais na instauração de inquérito para apuração dos fatos.

 

7.1 Deliberações:

Os associados aprovaram a articulação com o Procon do Paraná, com a entrega de folder explicativo em ocasião de reunião com a diretora do Procon Paranaense. O primeiro vice-presidente, Rogério Coelho, juntamente com o Vice-presidente Região Sul, Sidney Silva se prontificaram a acompanhar a reunião.

 

8       CONSELHO SUPERIOR

O presidente do Conselho Superior, Luciano Raduan Dias, da Luckspuma, solicitou `que Adriana Pierini informasse o saldo na conta corrente e em aplicações da Abicol e recapitulasse os custos e despesas mensais. (vide slide, item 2).

 

9       COMISSÃO DE NORMAS E CERTIFICAÇÕES

O coordenador da Comissão de Normas e Certificações, Rogério Coelho, iniciou a sua fala declarando que a partir da sua eleição como vice-presidente, a coordenação da referida comissão passa para o Vice-presidente da Região Sudeste, João Flávio Nogueira Andrade a partir da próxima reunião. Apresentou os principais pontos críticos dos regulamentos técnicos da qualidade dos colchões de molas e de espumas, sendo eles:

  1. Determinar descrição padrão para composição ordenada das informações que devem constar da etiqueta.
  2. Abolir a incerteza de medição quando o item for submetido obrigatoriamente à aplicação de range. de tolerância.
  3. Estabelecer sintonia entre os regulamentos para certificação de colchão de molas e de espumas no quesito aglomerado (atualmente há uma regra para aglomerados para colchão de espuma e outra para colchão)
  4. Excluir a restrição de uso de espumas de altas densidades (densidade máxima) pode compor o aglomerado de espumas.
  5. Esclarecer no próprio texto do regulamento como deve ser medida a resiliência de espuma viscoelástica, estabelecendo as mesmas regras para esse requisito, tanto no regulamento de colchões de espuma quanto no regulamento de colchões de molas.
  6. Estabelecer participação máxima de componentes não funcionais da estrutura de colchões, especialmente no fundo do colchão, como por exemplo pet, papelão, poliestireno expandido, entre outros.
  7. Incluir definição de colchões que estão fora do escopo das normas de certificação (colchões elétricos, colchões magnéticos, colchões de látex, colchões ortopédicos e outros).
  8. Excluir a obrigatoriedade de ensaios de rolagem para cada fornecedor de molejo no momento de auditoria de manutenção. Alguns fabricantes ensaiam modelos com mais de um fornecedor de molejo na auditoria inicial para não ficar refém de uma única empresa fornecedora.
  9. Excluir a obrigatoriedade de ensaio para verificação de gramatura de tecido devido a vasta modelagem, frequente atualização de padrões e tendência de moda. Além do que, a variação da gramatura em nada interfere no desempenho do colchão.
  10. Estabelecer padrão para a descrição das famílias no sistema ProdCert.
  11. Estabelecer que Auditoria de Manutenção deve ser realizada 1 (uma) vez a cada período de 36 (trinta e seis) meses.
  12. Considerar sempre a versão mais atualizada da base normativa complementar (normas ABNT por exemplo) e não vincular ao ano da publicação das mesmas para que não haja um descompasso entre os regulamentos.
  13. Incluir teste de espectrofotometria para detecção de carga orgânica.

Rogério comunicou que a Comissão de Normas e Certificações dará início aos trabalhos para elaboração da norma técnica ABNT para Colchões de Látex.

 

9.1 Deliberações:

Os associados se comprometeram a acompanhar as atas e ou reuniões da Comissão de Normas e Certificações, bem como contribuir para a composição de pareceres técnicos relativos aos requisitos dos regulamentos que porventura venham em desacordo com a realidade do setor produtivo colchoeiro.

 

10     gRUPO DE TRABALHO fLAMABILIDADE DE COLCHÕES

Adriana Pierini iniciou a apresentação de atualização dos assuntos do GT Flamabilidade de Colchões informando que houve uma reunião com a Gerência de Normalização da ABNT no Rio de Janeiro cuja pauta se baseou na necessidade de articulação entre os comitês têxtil, mobiliário e o comitê brasileiro de segurança contra incêndio para elaboração de norma ABNT para capas antichamas para colchões com vistas a eliminar a necessidade de elaboração de norma técnica para determinação de ensaios para classificação de graus de ignitabilidade em colchões. Comunicou que no período entre os dias 11 e 13 de setembro os superintendentes dos comitês afins reunir-se-ão com a gerência de normalização para deliberação quanto qual(is) norma(s) (capa antichama e ou ignitabilidade de colchões) será desenvolvida.

 

 

11     outros assuntos

Homenagem Roberto Mannes: Foi realizada no dia 24 de agosto em Jaraguá do Sul a homenagem ao Sr. Roberto Mannes, indicado em 2015 para compor o quadro da primeira edição da comenda “Notáveis Industriais Colchoeiros”. Por motivos de saúde, à época, o homenageado não pôde estar presente na cerimônia que fora realizada na Bahia.

 

Varejistas no Evento em Brasília: A Abicol receberá indicações dos associados para compor a lista de diretores de redes do varejo para envio de convite especial, com objetivo de estimulá-los a participarem do evento em Brasília no mês de novembro.

 

Comenda Félix Fernando Raposo: A comenda “Notáveis Industriais Colchoeiros” passará a ser denominada “COMENDA FÉLIX FERNANDO RAPOSO” em homenagem ao notável colchoeiro e fundador da Abicol, Sr. Félix.

 

 

 

AGENDA DE EVENTOS

PERÍODO SETEMBRO – OUTUBRO

  • SUPERVISORES E REPRESENTANTES COMERCIAIS: Palestra de interesse + Selo Colchão 100% e Operação Sono Legal
  • GESTORES DE COMUNICAÇÃO E MARKETING: Uso do Selo e Marca do Inmetro e Selo Colchão 100%
  • GESTORES DE RH e CONTABILIDADE: Regras e Recursos do E-SOCIAL
  • FORMAÇÃO DE AUDITORES DA QUALIDADE: 29 e 30 de outubro
  • TREINAMENTO SISTEMA ORQUESTRA E USO DO SELO: 17 de outubro

 

  1. encerramento

O presidente Alexandre Prates Pereira deixou aberta a palavra aos associados para que se manifestassem a respeito de questões que considerassem pertinentes. Em seguida, agradeceu a presença de todos e convidando para o almoço de integração, declarou encerrada a reunião.

 

13     AGENDA – Próxima reunião

30 de outubro – São Paulo: REUNIÃO ASSOCIADOS DA ABICOL

 

memoria-reuniao-age-abicol-28ago2018