ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE COLCHÕES – ABICOL

CNPJ N° 14.897.871/0001-64

 

MEMÓRIA DE REUNIÃO

 

23 de novembro de 2018 – das 14h às 17h

Local: Royal Tulip Brasília – SHTN – Trecho 01 Conjunto 1B –Asa Norte

Brasília – DF

 

 

1       Participantes:

Lista de Presença

 

  1. Link para acessar conteúdos apresentados:

Material apresentado na reunião CLIQUE AQUI

Fotos CLIQUE AQUI

 

3       ABERTURA

Às 14h082 a reunião foi iniciada com a fala do presidente da Abicol, Alexandre Prates Pereira. O presidente agradeceu a presença de todos, recapitulou a pauta e convidou Adriana Pierini para apresentar os itens da pauta e solicitou aos coordenadoeeo primeiro itemos itens da pauta e solicitou aos coordenadores de comissão e de grupo de trabalho que fizessem as intervenções necessárias quando da apresentação das suas respectivas partes.

 

4       retrospectiva Abicol

Neste primeiro item da pauta foram apresentados o organograma da Abicol e as comissões vigentes: Normas e Certificações, Combate à Fraude, Sustentabilidade, Legislação Tributária, Comunicação e Marketing, Grupo de Trabalho NR12, Grupo de Trabalho Flamabilidade de Colchões e Grupo de Trabalho Selo Abicol. Foi apresentada a Galeria dos Presidentes: Félix Fernando Raposo, Gestão 2011-2013; Luís Fernando Ferraz, Gestão 2014-2016 e Alexandre Prates Pereira, Gestão 2017-Atual. Os associados presentes também acompanharam a exposição da evolução do quadro associativo: 2011 com 21 associados, 2015 com 34 associados e outubro de 2018 com 61 associados. Em dados gerais, que dos 61 associados 40 são fabricantes e 21 são fornecedores. Os associados fabricantes são responsáveis por 80% da produção nacional de colchões e correspondem a 23% do total de fábricas com colchões certificados pelo Inmetro, distribuídas em 19 estados brasileiros. Foi ressaltado que 94% dos associados são assíduos nas reuniões/eventos da Abicol, sendo que todos participam das redes sociais da entidade. Recapitulou-se que a associação publicou 4 edições do Universo Abicol, sendo que a próxima edição está programada para o primeiro trimestre de 2019. Os associados foram relembrados dos anúncios promovidos pela entidade nas revistas especializadas tais como: Móveis de Valor, Emobile, Colchões e Quartos entre outras. Adriana ressaltou a importância do Decálogo da Abicol, como o conjunto das dez regras e compromissos que os associados decidiram cumprir e disseminar e que tem como objetivo oferecer a transparência de seus ideais de conduta e respeito em relação ao mercado nacional e à sociedade brasileira.

 

5       CONFIRMAÇÃO DOS VALORES INSTITUCIONAIS

No segundo item da pauta, os associados foram convidados pelo presidente a avaliar se a visão, missão, a filosofia, os valores e os pilares da Abicol estão condizentes com os objetivos do seu estatuto vigente, também apresentados na tela, um a um, para que fosse possível uma análise mais completa. Em termos de visão, ficou mantida a vigente, sendo “Ser referência no associativismo com excelência e representatividade.” Quanto à missão, houve uma atualização no texto no sentido de dar mais clareza, mantendo a essência “Propiciar a consolidação de um ambiente institucional focado no desenvolvimento integral do setor colchoeiro, representando o associado nas questões de alto impacto no mercado e promovendo o reconhecimento de seus valores junto aos órgãos públicos, empresas nacionais e estrangeiras, bem como aos consumidores em geral.” No que diz respeito à FILOSOFIA, foi mantida a vigente, sem nenhuma alteração: “Se está na Abicol, você pode confiar.” Os VALORES da Abicol foram detalhados e aprovados pela Assembleia

Atitude: Empenho constante para antecipar fatos e situações que possam impactar o setor colchoeiro, de modo a assessorar os associados nas questões mais complexas e de interesse comum. Integridade: Dedicação para preservar a conduta reta, justa, leal e ética nas relações institucionais. Intercooperação: Soma de esforços compartilhados, visando o alcance dos objetivos da entidade. Responsabilidade: Dedicação, compromisso e empenho para que o quadro associativo desenvolva produtos que representem respeito às leis do mercado e a busca contínua pela satisfação do consumidor. Houve também uma parte para análise dos pilares do Selo da Abicol para colchões confiáveis, que são: Práticas Leais da Concorrência, Combate ao Trabalho Infantil, Respeito ao Direito do Trabalhador, Padrões Sustentáveis de Desenvolvimento e Respeito ao Meio Ambiente. O primeiro dos cinco pilares foi detalhado junto aos associados. Para fins de concessão do Selo Abicol para colchões confiáveis, entende-se como práticas leais da concorrência: Cumprir rigorosamente a legislação vigente; Combater a sonegação fiscal; Combater a propaganda enganosa, Conceder garantia direta da fábrica por um prazo máximo de 1 ano; Conceder garantia com prazo maior de um ano desde que vinculada a um contrato de garantia estendida; Produzir e ou comercializar itens, em especial colchões, cujas propriedades ostentadas como apelo de venda possam ser comprovadas por estudos reconhecidos pela comunidade científica nacional. Na oportunidade foi apresentado o Art. 13 do Estatuto Social da Abicol, o qual explica as condições previstas para a perda da qualidade de associado e nesse momento, o presidente Alexandre declarou que todas as decisões e desdobramentos nesse sentido obrigatoriamente devem contar com robusto embasamento jurídico. Ao término da explanação, Adriana apresentou o modelo de declaração de “REAFIRMAÇÃO DO COMPROMISSO COM OS VALORES INSTITUCIONAIS DA ABICOL”, a qual deverá ser analisada, assimilada e assinada por todos os associados até o dia 01 de março de 2019.

 

6       2019 DESAFIOS PARA AS COMISSÕES:

No penúltimo item da pauta, cada um dos coordenadores de comissão e de grupo de trabalho foi convidado a se manifestar sobre os objetivos, metas e métodos que pretende atingir e desenvolver em 2019. A primeira comissão foi a de Normas e Certificações, coordenada por João Flávio Nogueira Andrade, ficando aprovados os seguintes objetivos: Ter acatados pelo Inmetro os apontamentos para os devidos ajustes na Portaria52, realizar pelo menos duas reuniões de alinhamento com OCPs e laboratórios, tentar aproximação com regulamentadores nos países do Mercosul, além de concluir a revisão e a elaboração das normas ABNT em andamento. O orçamento para a Comissão de Normas e Certificações ficou na ordem de R$ 60 mil (Sessenta Mil Reais). A segunda comissão em destaque foi a Comissão de Legislação Tributária, coordenada por Tiago Temponi e cujas metas ficaram estabelecidas na seguinte ordem: lançar periódico eletrônico sobre as mais relevantes notícias relacionadas à Legislação Tributária, articular e encaminhar pleitos relacionados à tributação do aço, do TNT, aprofundando nas possibilidades do ex-tarifário, acompanhar semestralmente a movimentação de insumos mais usados na fabricação de colchões (indicadores), inclusive máquinas e equipamentos, especialmente os importados, além de monitorar a questão da desoneração da folha de pagamento a fim de tomar medidas que se façam necessárias. O valor orçado para investimento na comissão de Legislação Tributária é de R$ 120 mil (Cento e Vinte Mil Reais). A terceira comissão apresentada foi a de COMBATE À FRAUDE, coordenada por Rodrigo Miguel de Melo, divulgou as seguintes metas para o ano de 2019: instalação do laboratório de ensaio de colchões de espuma nas dependências do Ibametro, treinamento para agentes de fiscalização, realização de mais uma edição do programa de verificação da conformidade, campanha em conjunto com o Procon além de evento com representantes comerciais e órgãos fiscalizadores. O valor reservado para essa comissão é de R$ 200 mil (Duzentos mil Reais). Na sequência, foram apresentadas as metas da Comissão de SUSTENTABILIDADE, coordenada por Luís Fernando Ferraz, que são: viabilizar a realização do estudo/levantamento do número de colchões descartados em aterros e lixões, estudo sobre o descarte de tambor de TDI e estudo sobre a logística compartilhada para assistência técnica de colchões. O orçamento para 2019 é de R$ 40 mil (Quarenta Mil Reais). A comissão de COMUNICAÇÃO E MARKETING, coordenada pelo próprio presidente, Alexandre Prates Pereira, apresentou como metas para 2019, as seguintes ações: explorar campanhas temáticas tradicionais e criar o dia ou o mês do colchão; publicar pelo menos duas edições do Universo Abicol; desenvolver o Selo Abicol e também divulgar artigos e matérias em revistas especializadas. O valor orçado para a comissão de Comunicação e Marketing é de R$ 400 mil (Quatrocentos Mil Reais). Para os grupos de trabalho GT NR 12 e GT Flamabilidade foram reservados R$ 30 mil (Trinta Mil) e R$ 10 mil (Dez Mil) respectivamente.

 

AGENDA DE EVENTOS

 www.abicol.org/agenda2019

  1. encerramentomemoria-reuniao-abicol-23novt2018

O presidente Alexandre Prates Pereira deixou aberta a palavra aos associados para que se manifestassem a respeito de questões que considerassem pertinentes. Após ouvir os associados,  declarou encerrada a reunião, convidando a todos para prestigiarem o Encontro Nacional das Indústrias de Colchões 2018 e agradecendo pela presença de todos.

 

12     AGENDA – Próxima reunião

26 de fevereiro de 2018 – São Paulo: REUNIÃO ASSOCIADOS DA ABICOL